Prefeiura Municipal de Tabapuã
  • 1
  • 2

Junho Violeta conscientiza população sobre os tipos de violência contra os idosos

A Organização Mundial da Saúde define violência contra o idoso como: “um ato único, repetido ou a falta de ação apropriada, ocorrendo em qualquer relacionamento em que exista uma expectativa de confiança que cause danos ou sofrimento a uma pessoa idosa. ” Esta é uma questão social que afeta a saúde e os direitos humanos de milhões de pessoas desta faixa etária em todo o mundo e merece a atenção da comunidade.

A população idosa é um grupo bastante vulnerável, não apenas pelas limitações físicas naturais do processo de envelhecimento, mas também pelas relações de dependência familiar, perda de autonomia e até mesmo por preconceito.

Na sociedade, a violência contra as pessoas mais velhas assume várias formas e em alguns casos há uma dificuldade do idoso em se perceber em situação violenta causada por familiares ou por alguém do seu convívio.

Leia mais...

Junho Vermelho conscientiza para a importância da doação de sangue

Realizada anualmente no Brasil desde 2015, a campanha Junho Vermelho tem como objetivo reforçar a importância da doação de sangue como um ato de solidariedade que salva vidas.

Quando os estoques de sangue ficam em níveis críticos, o atendimento aos pacientes que precisam realizar cirurgias ou transfusões de sangue, seja por acidente ou tratamento de alguma doença, fica comprometido. Por isso, é de extrema importância que cada vez mais pessoas façam doações de sangue regularmente.

Quem pode doar sangue

Para fazer uma doação de sangue, é preciso seguir alguns requisitos. São eles:

Portar documento oficial e original de identidade com foto e dentro do prazo de validade (RG, carteira profissional, carteira de habilitação);
Ter entre 16 e 69 anos de idade, sendo que a primeira doação deve ter sido feita até 60 anos incompletos. Os doadores com menos de 16 anos devem estar acompanhados pelo adulto responsável;
Pesar no mínimo 50kg;
Estar em boas condições de saúde;
Estar alimentado, porém sem ter feito refeições pesadas (gordurosas) nas três horas que antecedem a doação.

Não estão aptas a doar sangue as pessoas que possuem um risco maior para doenças transmissíveis pelo sangue, como usuários de drogas injetáveis e inalatórias, que têm prática de sexo não seguro ou se relacionam sexualmente com pacientes vivendo com Aids, hepatite ou outras infecções sexualmente transmissíveis (ISTs).

Se atenderem a todos os requisitos, homens podem doar a cada dois meses, com limite máximo de até quatro vezes no ano. Mulheres só devem doar sangue a cada três meses, com no máximo três doações em um ano.

Quer saber onde doar? Procura a UBS e saiba mais.

Junho Verde - Mês de conscientização ambiental

Em Junho Verde, vamos nos unir para proteger e preservar o meio ambiente, promovendo práticas sustentáveis para um planeta mais saudável e próspero.

08 de junho | Dia D de vacinação contra poliomielite

Atenção, a Secretaria Municipal da Saúde comunica que realizará o Dia D da Vacinação neste sábado, dia 08/06, das 08h às 17h, contra a Poliomielite, mais conhecida como paralisia infantil.